Sobre futebol, sobre Copa, sobre ser brasileira

Enfim, terminou a Copa das Copas! Infelizmente não foi dessa vez para o Brasil e a Alemanha levou o título. Mas hoje eu vim não só falar sobre isso, mas sobre como eu me envolvi com esse esporte, a sensação de torcer na Copa no Brasil e sobre o sentimento de ser brasileira.

O meu contato com futebol na verdade começou com o futsal quando eu era do Ensino Fundamental, no Centro Educacional São Jorge, onde eles incentivavam bastante os alunos a praticarem esportes. Nas aulas de Educação Física, a minha turma levava bem a sério, e foi lá que comecei a jogar futsal e me apaixonei. Para vocês terem uma noção, quando tinha treino durante a tarde (e eu estudava de manhã), de vez em quando minha mãe não deixava eu ir, e eu soltava o choro, implorando a ela para deixar eu ir treinar e ainda arrastava minhas irmãs junto, coitadas! Sem querer me gabar e nem nada rs, mas o meu time, da minha série, era o melhor do colégio e ganhava de todos, até mesmo em torneios entre outros colégios da redondeza. Ganhamos várias medalhas e troféus e eu adorava participar disso tudo.
Daí, logo me interessei por futebol e acompanhar um time (Vasco) e assistia todos os jogos com meu pai e minhas irmãs. Esse time já teve bons tempos haha, mas hoje, série B resume tudo. Mas depois de tantas decepções, não só com o Vasco, mas com outros times brasileiros, eu cansei e parei de assistir e acompanhar qualquer campeonato. Mas aí, veio a Copa das Copas, a Copa no Brasil!

Eu nunca apoiei a Copa ser no Brasil, na época que escolheram eu não fiquei nessa felicidade toda, sempre achei que nosso país tinha e tem muitas coisas mais importantes para se preocupar do que sair fazendo estádios e investindo dinheiro sendo que tem tanta coisa que anda precária por aqui. Além da roubalheira que aconteceu, e todo mundo sabia que ia acontecer. Protestei na rua, no Facebook, no Twitter (sempre gostei de política) mas depois que o negócio já tá feito, acho que seria burrice #NãoTerCopa depois de tudo pronto. Então já que foi gasto o dinheiro, já que empregos foram gerados e já que os estádios foram feitos, vamos aproveitar né?! E #TeveMuitaCopa e que Copa, meus amigos!
A Copa aflorou todos os sentimentos (apesar de não ter assistido todos os jogos, infelizmente, por motivos de: vestibular) que eu nem sentia mais. Não lembrava mais o que era ter aquela dor de barriga na hora que vai pra prorrogação, de ficar louca e sair gritando GOOOL com minhas irmãs e minha mãe. E a experiência mais legal foi ter assistido um dos jogos do Brasil no Fifa Fan Fest! Foi incrível ver milhares de pessoas de várias partes do mundo (França, Alemanha, China, África, Argentina, Uruguai, Estados Unidos…) reunidos num único lugar por algo em comum (seus respectivos times), e na hora do jogo do Brasil, ver todo mundo vibrando junto, independente de que país você fosse. Queria agradecer a Copa por isso!

Processed with VSCOcam with c1 preset

E daí surge o orgulho de ser brasileira. Muitos (incluindo euzinha) achavam que #ImaginaNaCopa como isso vai ficar, a merda que vai dar, o caos que vai ser, e foi o povo brasileiro lá e mostrou que a gente sabe SIM fazer um evento de grande porte, de uma forma incrível, e sermos tão receptivos, no ponto de transformar um dos maiores eventos esportivos, no melhor de todos os tempos! Tanto pela internet (viva o Twitter), tanto pelo nosso jeito alegre, amoroso, de querer o bem ao outro. Já tive contato (breves) com gente de várias partes do mundo, e todos ficam encantados com o nosso sorriso, nossa alegria, amizade e sentem falta disso nos países que vivem, calor e amor. E pensando nisso, não consigo entender as pessoas que vivem aqui, nasceram aqui e odeiam o nosso país e torceram/torcem contra (tanto contra a Copa, tanto contra o Brasil). Acredito MUITO que se Deus me colocou nesse lugar, deixou que eu nascesse aqui, no Brasil, algum motivo tem, algum objetivo tem. Não acredito que nasci aqui atoa, porque nasci e ponto. Acredito que vim daqui, e de alguma forma quero fazer o lugar de onde saí, um lugar melhor. Tentar de alguma forma mudar a situação do nosso país. Não é fugindo daqui que os problemas resolvem, pelo contrário, é tentanto fazer e trazer alguma mudança. Pra mim, a pessoa que fala esse tipo de coisa, PELO MENOS deve ter feito algumas coisas na vida para tentar transformar, nem que seja de forma pequena e simples, a situação que vivemos: estudando a política do país, trabalhando com pessoas carentes, fazendo trabalho solidário, ensinando alguma coisa para quem não tem oportunidade e por aí vai. Mas, filho, se você nunca fez nada para mudar, não venha querer cobrar somente dos grandões. O meu objetivo como cidadã brasileira, sempre foi e sempre será fazer e trazer o que tenho de melhor para o meu país, fazer parte dessa mudança que todos nós ansiamos tanto. Mesmo se eu morar em Duque de Caxias, ou se um dia, eu morar, sei lá, na China. Eu sempre vou fazer com que meus atos repercutam aqui e a imagem do Brasil lá fora ou aqui dentro.

A Copa foi essa coisa linda, maravilhosa, e uma linda festa desse povo maravilhoso e que tem muitas qualidades sim! Infelizmente a festa não foi completa, mas 2018 tá aí, e a gente pode lutar e conseguir a taça, não só na Copa, mas em muitas outras coisas que o Brasil ainda precisa ganhar fora de campo.

foi difícil escolher uma foto, mas escolhi uma na base da fofura

Ps.1: Fica aqui meu agradecimento ao David Luiz por ter trago tanta alegria para o povo brasileiro e muita ibagens lindas desse menino incrível


Ps.2: Podolski, meu irmão, tu já é brasileiro! #Fechou #ÉTois #Tmj

Anúncios

5 comentários sobre “Sobre futebol, sobre Copa, sobre ser brasileira

  1. Fernanda N disse:

    oi debs! tudo bom?
    nossa, essa copa deu mesmo o que falar, néam? também escrevi um post sobre ela lá no blog e concordo com você em praticamente tudo… não foi o nosso ano porque não tínhamos um time bom o suficiente para ganhar de muitas seleções que estavam jogando… a alemanha ganhou merecidamente e o time se mostrou muito querido, principalmente o nosso querido poldi, néam? coisa mais amor esse mozão! ❤
    beijoooo

    Curtir

  2. gevisacri disse:

    Deb, amei seu post, foi tão do coração!
    Eu não ligo nada para futebol e menos ainda para Copa, mas acho, sim, que essa foi a melhor que já houve. Os brasileiros deram um show de hospitalidade e as fotos que vi do Rio me deixaram bem impressionada. em SP não vi muita coisa, só a estrangeirada um dia que tive que ir no centro e passei perto da fanfest. Pelas caras, eles estavam adorando.
    Sim, temos muito o que fazer pelo nosso país, cada um de nós. Adoro o Brasil, acho que o povo tem muito o que se educar, mas nosso país é incrível!

    Obrigada pela mensagem de aniversário ❤
    Beijao

    Curtir

    • Debs Braga disse:

      Aqui foi muito legal, muito turista e teve muita coisa durante a Copa, eventos e festas. Nosso país é incrível mesmo e tem muito o que ensinar para os outros.
      De nada, viu? 😀

      Curtir

  3. Babi Lopes disse:

    Ei Debs!

    Acho que o time da Alemanha mereceu. Não só pelo time impecável que eles eram, mas por toda integração, por toda a humildade, respeito e carinho que eles tiveram com o Brasil e o povo Brasileiro. Nâo me importo perder de 7×1 para um time tão querido!

    Eu vou ser sincera com você, tenho uma meia-dúzia de amigos que no Facebook ~sentava~ o pau na Copa mas depois me ligava perguntando se eu queria ir ver o jogo. PFVR né? Bando de hipócrita. Eu acho o seguinte: Futebol é a alegria da maioria dos brasileiros. DEIXA O POVO SER FELIZ, GENTE! Teve Copa? TEVE DEMAIS! Deveria ter tido? Talvez não! Adianta descontar em turista (como aqueles cartazes de “go home”) e fazer cara feia? NÃO! O problema não tá aí, tá nos nossos governantes! E imagina se a copa tivesse sido suspendida como muita gente queria, como nós recuperaríamos os milhões que já tinham sido investidos? A m*rda já tinha sido feita!

    O Brasil é um país turístico e pode ter certeza que a Copa gerou renda pra muita gente. Aí o povo fala “é, mas foi renda temporária” e eu respondo: O turista quando gosta ELE VOLTA E RECOMENDA!

    Trabalho em uma agência de viagem e olha, meus olhos enchem d’água quando alguém vem e me diz o quão inesquecível foi a viagem deles, o quanto os brasileiros são amigáveis, divertidos e receptivos. Não tenho NENHUM cliente que não queira voltar!

    Nossa, desculpa pelo testamento. IOAUHEOAIUEHEA

    Beijón :***

    Curtir

Gostou? Então comenta aí...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s